Evite o câncer substituindo processados por alimentos ‘frescos’

Como substituir: por cereais, biscoitos, massas e demais alimentos frescos e integrais ou que não apresentem tantas substâncias de nome complicado na lista ingredientes, já que elas representam os aditivos químicos presentes naquele alimento

Reportagem do Uol publicada nesta segunda-feira (29), aponta que no Brasil, segundo o Ministério da Saúde, o câncer está entre as doenças que mais mata no país, ficando atrás apenas das enfermidades do coração e sistema circulatório.

De acordo com dados do Fundo Mundial de Pesquisa sobre o câncer, sua incidência tende a crescer 58% no mundo nos próximos 15 anos, isso devido, em grande medida, ao estilo de vida moderno. Obesidade, sedentarismo, exposição sem proteção aos raios ultravioletas do sol, fumo, consumo excessivo de bebidas alcoólicas e má alimentação são fatores que agravam a situação.

Michele Samora, chefe da residência de oncologia clínica da Escola Paulista de Medicina da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e Georgia Bentes, coordenadora de nutrição na Oncologista Associados - RJ e nutricionista da SBOC (Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica), explicam quais são alguns alimentos e que trocas simples podem melhorar a saúde e o bem-estar.

Carnes processadas, presunto, salame, peito de peru ou de frango defumado, salsicha e linguiça estão entre os petiscos favoritos dos brasileiros e são apontados pelo Inca (Instituto Nacional de Câncer) como alimentos que podem aumentar o risco de desenvolvimento de câncer. O recomendado é que a porção não passe de 50g por dia.

Como substituir: carnes feitas em casa e preparadas para consumo semelhante (fatiadas, cortadas em cubos, desfiadas etc.).

Frutas, verduras e legumes tratados com excesso de agrotóxicos também aparecem na lista da reportagem. Ainda conforme o Uol, todo agrotóxico (glifosato, malationa e diazinona - mais comuns atualmente) é indutor de alteração celular. Eles são utilizados para matar fungos e pequenos insetos que possam prejudicar uma lavoura. Já no ser humano, acaba agindo nas células, podendo levar ao desenvolvimento de câncer de próstata e de bexiga, além de leucemia, linfoma não-Hodgkin e mieloma múltiplo.

Como substituir: buscando itens de produtores que tem seu uso de agrotóxicos regulado ou não os usem ou optando por frutas e legumes com cascas mais grossas (como melancia, melão e abóbora), que conseguem proteger seu interior contra a entrada dos agrotóxicos.

Alimentos industrializados com uso de conservantes. Para se manterem adequados para uso por um período prolongado, biscoitos doces (recheados ou não) ou salgados, macarrão instantâneo, sopas em pó e massas prontas, entre outros alimentos industrializados, recebem uma grande carga de conservantes.

Como substituir: por cereais, biscoitos, massas e demais alimentos frescos e integrais ou que não apresentem tantas substâncias de nome complicado na lista ingredientes, já que elas representam os aditivos químicos presentes naquele alimento.

Comentários