Entrada de animais domésticos em hospitais de MS passa a ser liberada

Desde sexta-feira (30), está permitida nos hospitais públicos, privados, contratados, conveniados e cadastrados no SUS (Sistema Único de Saúde), de Mato Grosso do Sul, a entrada de animais domésticos e de estimação

Reprodução
Entrada de animais domésticos em hospitais de MS passa a ser liberada

Desde sexta-feira (30), está permitida nos hospitais públicos, privados, contratados, conveniados e cadastrados no SUS (Sistema Único de Saúde), de Mato Grosso do Sul, a entrada de animais domésticos e de estimação.

Segundo a lei, cada unidade hospitalar ficará responsável por criar normas e procedimentos próprios para organizar o tempo e o local de permanência dos animais para a visitação de pacientes internados.

O ingresso de animais não será permitido nos setores de isolamento, quimioterapia, transplante, assistência a pacientes vítimas de queimaduras, central de material e esterilização, de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), áreas de preparo de medicamentos, farmácia hospitalar e nas áreas de manipulação, processamento, preparação e armazenamento de alimentos.

Ainda conforme a lei, as regras estabelecidas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como verificação da espécie, autorização expressa de visitação expedida pelo médico, laudo veterinário atestando as condições de saúde, visível aparência de boas condições de higiene, determinação de um local específico, dentre outras deverão ser seguidas.

Para o atendimento dos pacientes que desejarem usufruir do benefício da nova lei, o Poder Executivo e os estabelecimentos poderão celebrar convênios com profissionais habilitados, hospitais veterinários e organizações não governamentais.

Comentários