Cultura comemora resultados positivos com oficinas musicais

Projetos e oficinas musicais da secretaria de Cultura tem quase 200 alunos inscritos

A proximidade do final do ano leva a equipe da Secretaria Municipal de Cultura voltar o olhar para o início e concluir que o trabalho realizado no decorrer do ano produziu resultados altamente satisfatórios.

Foi assim, por exemplo, com as oficinas de formação musical. Desde o início das atividades de 2018 vem sendo oferecidas aulas de canto coral, prática de instrumentos de sopro, aulas de violão popular, musicalização infantil e teoria musical.

Os projetos se dividem em polos e as aulas são oferecidas no Parque dos Ipês, no Centro de Cultura, Esporte e Lazer Jorge Antônio Salomão (Jorjão) e nos Cras (Centros de Referência em Assistência Social), somando quase 200 alunos inscritos nos diversos projetos.

De acordo com o coordenador dos projetos musicais, Alan Almeida, ainda se faz necessário a estruturação de espaços físicos para as aulas e também manutenção de instrumentos. "A rotatividade dos alunos também é um grande desafio, em meio a algumas dificuldades os projetos continuam caminhando em longa escala", diz.

Alan Almeida destaca o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e também o apoio da equipe de professores de música. Hoje a Pasta trabalha com três profissionais: a regente do coral municipal, Rita Mathias, e os professores de violão popular, Monique Amaral e João Pedro.

"Levar ao público, aulas de qualidade e valores éticos e morais, por meio do ensino musical é nossa meta", afirma o coordenador Alan, reforçando que para 2019 "novos projetos já vêm sendo elaborados/estruturados para melhor atender a população douradense".

 

Comentários